27 maio 2011

Nunca soube responder a um “ tudo bem? “ da melhor forma. Encolho os ombros, pisco o olho e digo que sim, que está tudo bem. Mas…será? Afundamo-nos em mentiras e isso, se repararmos bem já nem faz diferença alguma. É só mais uma, e outra...e mais outra. Não gosto de responder a isso, não aprecio. Porque na verdade as pessoas não querem uma resposta. Não querem saber. Aí está a real mentira. Oh. Diabólico, diga-se de passagem. A verdade é que lhes desejo a morte. Merda para as mentiras. Merda para as saudades.

2 comentários:

esther disse...

obrigado ivó. as saudades são de facto a maior merda que pode haver. mas contraria, faz com que sejam boas.

Emmeline disse...

doce és tu.sempre