27 dezembro 2011

Se há coisa que eu não percebo são certas palavras ou frases. As más. As que fazem doer. Eu acho que são uma espécie de necessidade, que temos que explodir com alguém, para nos sentirmos melhor, mas isso é ridículo... e estúpido. Não percebo porque também o faço, admito. No entanto não percebo porquê. É como se cada pessoa que passa por mim e me fala-e são muitas as que falam quando estamos chateados, parece bruxedo-fosse outra, só por uns segundos, com qual estamos chateados, magoados... e torna-se evidente que temos de nos pôr a um nível superior, para mostrar do que fomos feitos. É por isso que a dita "educação" é tão importante, mas desculpem lá, sou a única a precisar de mandar todos para o caralho de vez em quando? (pois, bem me parecia).

3 comentários:

Sofia Moreira disse...

adorei Ivone :)

mariana disse...

Não és, definitivamente, a única. Muitas vezes acontece-me e pela educação não mando.

mariana disse...

Não és, definitivamente, a única. Muitas vezes acontece-me e pela educação não mando.