18 maio 2011

Eu gosto é de estar sozinha. Adoro. Adoro ter tempo só para mim, dedicar-me só a mim. Mas, estes meses têm-me corroído. Ando tão em baixo que já nem me conheço e só tenho medo…só tenho medo de voltar ao principio de depressão, como há um ano e meio atrás. Ainda me lembro. Impossível esquecer. À Rita – um obrigada por nunca me ter deixado. Aos outros – um obrigada mais pequeno. E ainda aos que tentaram com que eu me afundasse mais – um obrigada também! A sério, só vos faz bem lutarem pelo que querem, mas neste caso levaram com um bom balde de água fria. E isso ainda vos faz melhor! Não vos odeio…longe de mim. Mais uma vez, repito: o que me move é amor.

5 comentários:

esther disse...

o que te move é amor mas não podes deixar que nem o amor nem nada te leve a depressao

Mafalda disse...

Gostei muito*

Janete Conceição disse...

também adoro estar sozinha, demais até

joana disse...

concordo com a esther. gosto*

vânia macedo disse...

ohh, obrigada! :)