25 maio 2011

- Esta noite não é uma noite como as outras. Sê sensível.
- Alguém morreu? Nunca o fui com ninguém, porque razão haveria de ser agora?
- Porque te estou a pedir, porque és tudo para mim. E assim...assim estás a matar-me. Não é uma noite como as outras porque sei que logo logo que eu acabe de falar, tu beijas-me! Estou enganado?
- Não. Estás bem certo, defunto!


4 comentários:

esther disse...

obrigado ivone, mas são apenas meras palavras. com a intro aqui, jesus!

esther disse...

pois fica, sem duvida:)

ines disse...

sweet!

Mafalda disse...

Cada vez melhor este blog