19 julho 2010

Questiono-me diáriamente sobre o que é a felicidade. Acho que já a senti na pele uns bons meses atrás! Porém, aprendi que não se esgota com o tempo, nem com falsas tentativas de fazer com que ela apareça quando queremos (e só queremos quando estámos mal) porque, quando ela se apodera de nós, quando estámos realmente felizes, quando dámos umas boas gargalhadas e o tempo passa a correr, dámos valor a isso? Não! Pelo menos maior parte das pessoas, tanto adultos como crianças, na realidade não dão valor a isso. Passo a dar um exemplo: quando lutamos meses e meses por uma coisa/pessoa, e ao longo dessa caminhada, sofremos (e não só), durante esse mísero tempo estámos em baixo, sem forças para continuar a lutar, mas mesmo assim continuámos porque achamos que podemos alcançar o que tanto queremos. E quando conseguimos (o que nem sempre acontece, e é raro) fartamo-nos da pessoa, ignoramos o simples facto de ter conseguido. A conclusão que eu tiro disto é que a verdadeira felicidade está durante a caminhada, todos os golpes, feridas por sarar passam a ter valor, aprendemos com tudo o que a outra pessoa nos proporcionou e depois já não lhe dámos importância, significado... Realmente é triste ser assim, mas quem vai ser o grande SER que nos vai mudar? Deixo a pergunta no ar.

11 comentários:

Phláv(i)a disse...

Nem adianta procurar expressões para comentar :)

Joana Santos disse...

É verdade, tens toda a razão naquilo que dizes... Só damos valor a uma coisa quando não a temos, neste caso só a felicidade. Já a pergunta, é uma boa pergunta...! Gosto realmente da forma como escreves! Vou seguir-te :D

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

eu tambem amo coldplay.
amo mesmo. têm musicas mesmo lindaaaas

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

eu nao chegeui a ser bulimica, nem tive perto. forçei o vomito algumas vezes apenas.
ganhei foi anemia, nao sei se sabes o que é :s

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

pronto, eu tive anemia :s
e parei

Anónimo disse...

que texto fogo (:

eu amei esse filme pa, esquece *.*

Nuno Maciel xb

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

sim, isso passa, tomasse comprimidos para por os niveis normais, mas há quem tenha mais graves e quem tenha que ter muito cuidado c a alimentaçao sempre.

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

duas? :s

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

mas é grave?

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

mas isso passa (:

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

a sério que te identificaste? :o